Queijos para a viagem: leia com atenção!


Posso levar queijo na viagem?

A resposta poderia ser simples, sim ou não, mas a verdade é que depende. Mas depende do que? Do tipo de queijo, é claro!

Sempre que você for viajar para o exterior, por exemplo, é preciso ficar atento as normas de entrada de laticínios no país que você vai visitar, para isso basta procurar essas informações no site oficial do governo do país de destino.


É muito provável que você consiga trazer queijos, desde que ele esteja dentro da embalagem original de fabricação, com rotulagem que permita ver sua marca e data de validade. Haaaa TAMBÉM É IMPORTANTE DEIXAR CLARO QUE ESSA REGRA SERVE APENAS PARA QUEIJOS DE LONGA MATURAÇÃO.

Levar queijos cortados em pedaços, por exemplo, não é permitido!!!


E em viagens nacionais?

A grande maioria das companhias aéreas autoriza tranquilamente o transporte de alimentos no avião, embora não permita itens facilmente perecíveis. O translado pode ser feito tanto na bagagem de mão quanto na despachada, desde que o passageiro respeite as regras estabelecidas em relação à medida e peso e que assegure uma boa vedação, para impedir vazamentos.


Embora autorizados nos dois tipos de bagagem, a recomendação na hora de embarcar é dar preferência à mala de mão, uma vez que as condições no porão do avião podem fazer com que os produtos estraguem mais rapidamente.


O importante é sempre seguir as regras e leis nacionais e do país de destino, além dos países intermediários, caso o voo seja com escalas. Lembrando que também é preciso verificar a legislação vigente sobre transporte de alimentos.


O transporte de queijos em ônibus:

Ao viajar de ônibus geralmente você pode levar muitas malas. Embora as empresas de ônibus tenham políticas de bagagens mais permissivas do que outros meios de transporte, ainda assim existem algumas regras e limitações que os passageiros devem atender ao viajarem de ônibus. Informando-se antes de iniciar sua viagem, você seguramente terá uma experiência bem agradável, evitando assim surpresas indesejáveis.


O transporte de queijos em viagens de carro:

Você sempre deve levar em consideração a distância da viagem, o clima e o tipo de queijo.


Os queijos recheados, Bom da Fazenda necessitam de refrigeração e não podem ficar expostos por dias, por exemplo, em uma viagem de pequena duração, como até 4 horas, o queijo resiste tranquilamente. Já uma viagem de até 10 horas, sugerimos levar o queijo em um isopor ou bolsa térmica com gelo. Para viagens que levam dias, existe uma grande chance da qualidade do produto ser comprometida.

Dica final para qualquer tipo de queijo: opte sempre por queijos embalados a vácuo e com a embalagem inviolada, aumentando mais a preservação e segurança do queijo.

Para saber mais acesse: Ministério da Agricultura

81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo