• Bom da Fazenda

Outubro Rosa: alerta sobre a importância do diagnóstico precoce!


Outubro é o mês que o mundo para pra refletir sobre o câncer de mama, o tipo de câncer mais comum entre as mulheres. No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama também é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres no país. Para 2019, foram estimados 59.700 casos novos, o que representa uma taxa de incidência de 51,29 casos por 100 mil mulheres. A campanha Outubro Rosa serve justamente para isso: lembrar todas as mulheres (em qualquer idade, mas em especial acima dos 40 anos) a conhecer seu corpo e conseguir perceber, ainda no início, quando algo pode estar errado. Não podemos deixar que isso aconteça.

A doença é o tipo de câncer mais comum entre o sexo feminino e a segunda doença mais incidente entre as mulheres. Apesar disso, e de ser a primeira causa na taxa de mortalidade em mulheres no mundo, os índices de cura giram em torno de 95%, desde que descoberto precocemente.

Por isso que o movimento é tão importante e deve ser cada vez mais difundido e adotado também pelas empresas. E para te auxiliar nessa campanha, vamos explicar como fazer o autoexame (lembrando sempre que o exame médico é imprescindível). O autoexame pode ser feito uma vez por mês, todos os meses, entre três e dez dias após o aparecimento da menstruação, ou em uma data fixa para mulheres que não menstruam e homens (sim, o câncer também pode afetar homens).

Veja o passo a passo de como fazê-lo:

Idealmente, a avaliação deve ser feita em três momentos diferentes: em frente ao espelho, em pé e deitado.

Em frente do espelho

Sem roupas, observe os seios com os braços caídos, levantados e dobrados atrás do pescoço e com as mãos na bacia, pressionando-a para verificar se existe alteração na superfície da mama. É importante avaliar o tamanho, a forma e a cor, além de inchaços, saliências e rugosidades.

Em pé

A palpação das mamas deve ser feita durante o banho, com o corpo molhado e as mãos ensaboadas. Os dedos devem estar esticados e fazer movimentos circulares, de cima para baixo. Para cada lado, fazer o seguinte:

- Colocar o braço atrás da cabeça.

- Palpar a mama em movimentos circulares: primeiro no formato de círculos que começam no mamilo e crescem até cobrir o seio todo; depois em linhas retas em direção ao mamilo e por último em linhas retas para cima e para baixo.

- No fim da palpação, pressionar os mamilos suavemente e observar se existe saída de líquido.

Deitada

A palpação deitada é como a em pé. Se desejar ficar mais confortável, coloque uma almofada debaixo do ombro que estiver com o braço levantado. Os mesmos três passos de palpação acima devem ser feitos em cada mama nessa posição.

Caso sinta algo estranho, consulte seu médico ou ginecologista o quanto antes. Pode ser que não seja nada, e pode ser que essa simples apalpada salve sua vida. Nesse caso, é bem melhor prevenir do que remediar…. É hora de pintar o mês todo de rosa para mostrar ao mundo que podemos salvar a Terra do câncer de mama, começando pelas pontas dos nossos dedos. E fazer todos perceberem que a vida acontece em Outubro, Novembro, Dezembro, e todos os outros meses do ano.

Faça seu autoexame <3

Fonte: Site FEMAMA

10 visualizações

© 2018 Criado por We Like Comunicação

www.welikecomunicacao.com

siga-nos

Laticínio Serra da Estrela
Rodovia SP 344 Km 277 - Divinolândia - SP